quarta-feira, 27 de maio de 2020

Como as empresas estão reagindo às transformações do ambiente econômico e de negócios – e se suas estratégias estão trazendo resultados



No momento em que o Brasil e o mundo passam por uma transição no cenário de pandemia com consequências econômicas, torna-se imperativo para as empresas adequarem as suas estratégias de otimização das operações e de expansão de negócios aos desafios vigentes. 

Como as empresas estão reagindo às transformações do ambiente econômico e de negócios – e se suas estratégias estão trazendo resultados. 

Segundo pesquisa realizada pela Deloitte as empresas demonstram ter como principal foco estratégico a busca de otimização de suas operações, tanto em tempos pandemia e de contraciclo econômico – como o que o Brasil enfrentou nos últimos anos – quanto em momentos em que há uma baixa perspectiva de crescimento da economia no curto prazo. 

A sugestão para o próximo ano é de manutenção de iniciativas que busquem a otimização dos recursos e a promoção da disruptura. O seu desafio é promover a eficiência e a inovação. Práticas adotadas de otimização e expansão.

Ainda segundo a Deloitte as organizações enfrentaram, nos últimos anos, diversos desafios para manter a posição competitiva e destinaram nos últimos três anos, em média, 67% dos seus investimentos em práticas de otimização de processos (notadamente simplificação da estrutura organizacional e automação robótica de processos), enquanto 33% dos recursos foram direcionados para iniciativas de expansão. 

O objetivo estratégico estão as práticas voltadas à busca pela eficiência, tais como otimizar custos e despesas (59%) e aumentar a produtividade (49%). É possível observar que se intensificará a incorporação de automação de processos e de novas tecnologias para aprimorar a experiência do cliente (tais como aplicativos, chatbots, analytics e natural language processing). 

A pesquisa da Deloitte demonstra à pouca efetividade obtida com essa medida que ao simplificarem a estrutura organizacional em busca de otimização de custos, obtiveram apenas parcialmente o resultado esperado. 

Otimizar sem perder o foco na eficiência 

A maior parte das empresas continuam colocando foco prioritário em iniciativas de otimização dos processos para os próximos três anos. As empresas que atuam no Brasil têm buscado a eficiência como forma de manterem-se em condições de investir na transformação de seus negócios. 

Conte com uma empresa especialista em melhorias e otimização dos processos para manter se competitiva no mercado. Surpreenda-se com a MS Soluções.
www.msspn.com.br